sexta-feira, abril 30, 2010

Distração


assim: que me distraí
e quando fui
e quando vi
não tinha nada ali
ou aqui
assim: desandei
como faz pra desandar?
simples
só não deixa fugir a vida
eu deixei
escorreu entre os dedos e os joelhos
encolhi
fiquei
e ela foi
sem mim
volta
volta aqui
corre anda rasteja
vem cantar!
como quem resiste!
que eu to me encontrando de novo
debaixo desse pó
dessa fumaceira de cigarro
dessa bebedeira
dessa bobagem toda
vem que eu te aceito
vida
me escolhe
vida
me espera
vida
vamos viajar?
vamos mudar o rumo das coisas?
vamos falar alemão?
vamos estudar em berlim?
vamos vida?
você me aceita de volta?
eu tenho planos
não tenho?
eu tenho desejos de grandeza
de plenitude
de evolução
de trabalho
de teatro
eu tenho, tenho mesmo!
você acredita em mim, agora, depois deste desvio, você me quer de novo, vidinha?
ó vida
ó vida
come on
let´s do it
até o fim
juntas
vamos passear
(se embebedar só de vez em quando)
vamos aprender
esquecer
aprender
esquecer
cair tropeçar
dormir
morrer
rir
uivar
vamos?
estrada afora

2 comentários:

Adelita Ahmad disse...

fazia muito tempo que eu não vinha aqui. tá inspirada! tá cheia de vida! ventos bons virão. um beijo

mvy disse...

há uma tristezazinha no seu rostinho...

olhando bem...