quinta-feira, maio 06, 2010

curto tuas fotos
teu índice

longos teus cabelos
teu trago
tua língua

sucção lenta

você, ali na janela do outro lado da rua

te decifro
te ignoro

que poderia ter sido

poderíamos ter fugido pra todo o sempre
pra perto ou longe
com você tanto faz

eu do lado de cá
da janela
da cidade
do mundo inteiro

o lado de cá do mundo inteiro
é só o lado de cá da tua presença

3 comentários:

Tadeu Renato disse...

Incrível!

sofia disse...

aiii Tadeu, finalmente um comentário aqui! Ja tava carente de leitores!

Luanda disse...

incrível mesmo